26 novembro 2007

A Greve dos Judeus

O Eldorado - Edição nº 186

Vou confessar-lhes uma coisa: eu sou uma fraude. Tudo o que escrevi neste blog não me pertence. O que desde já serve de atenuante, caso não encontrem aqui centelha de criatividade.

Tudo o que até agora foi publicado no "Eldorado", depende única e exclusivamente da criatividade, ou falta dela, dos irmãos Grafstenberg. Jules e Morgan Grafstenberg são dois irmãos argumentistas norte-americanos que, para minha conveniência, calham a ser meus primos.

Está quase a fazer um ano.
Reencontrei-os numa pastelaria da Avenida de Berna, inconfundíveis nas suas trajes negras, nas suas grossas lentes bifocais, nos kippots redondos no cimo das suas carecas.
Convenci-os a escrever para o blog que nasceria dias mais tarde.
Não lhes prometi uma choruda contrapartida financeira ao fim do mês porque não tinha dinheiro para isso.
Mas foi estabelecida uma permuta: os seus textos em troca de dois autógrafos da Diana Chaves.

Seguiram-se meses de rebuscadas desculpas, mentiras e esquemas cada vez mais hediondos para justificar a demora na obtenção dos autógrafos da bela Diana.
Desculpas difíceis de engolir pois tinha jurado solenemente, com uma mão sobre o Torá, que era grande amigo da actriz.
Mais até.
Que tinha sido seu namorado.

A despeito do desfiar do tempo e do acumular de patranhas, os Grafstenberg continuaram a escrever diversas merdas mais ou menos engraçadas e eu a publicá-las como se fossem minhas.

A semana passada, aquela dupla de judeus patetas - que até julgo serem vagamente panascas - apanharam-me de surpresa com a famigerada "greve dos argumentistas, guionistas e produtores" nos Estados Unidos.
E deixaram de escrever.

E é esta a dura verdade, caros leitores.
Foram dez dias sem textos, aqui nesta casa de petiscos.
Facto que muitos de vocês nem deram conta, aliviados que estavam por "aquele gajo que julga ter sentido de humor" ter deixado de escrever.

E se volto a este blog e a nele publicar, é porque meia dúzia de fiéis o merecem.
Mais ainda agora em que, parece, muitos dos antigos colegas da Universidade Autónoma de Lisboa trocam comentários sobre este pasquim cibernáutico.

E, apesar da frequência universitária, continuo sem a mínima capacidade para agarrar, sozinho, as rédeas de um monstro alado, cheio de rubricas, links e histórias mirabolantes.
Como cereja podre em cima de um bolo desfeito, tenho ainda a acrescentar que, de computadores, não percebo um boi.
E este texto só aparece publicado graças à preciosa ajuda do meu sobrinho de seis anos, que domina a Playstation como ninguém.

Quanto à criação de novos textos, vai ser assegurada, a partir de hoje, pelos fabulosos Choi Fung Ho, um colectivo de criativos conhecidos como uma espécie de "Gatos Fedorentos" de Taiwan. Só mais uma coisa... Como é que eu faço para conseguir 10 autógrafos do Cristiano Ronaldo?

8 comentários:

N.M disse...

Espero então pelos novos textos, desses novos criativos de taiwan, se forem tão bons quanto os outros então sei que vou ter muitos minutos de alegria e divertimento!!!!

abraço

Choi Fung Ho disse...

N.M:
Olá, N.M.!

Nossa plimeila talefa selá, antes de tudo, tental não fugil muito ao que já ela conhecido do "Eldolado".

Não se admile, pol isso, se nos plóximos meses este blog continuar sem a mínima piada.

Um ablaço.

Li Tao
(Choi Fung Ho)

FL disse...

Brilhante!
Mas ainda nos tens de explicar o que andaste a fazer estes 10 dias :-)

Beijocas

Mad disse...

Ai que querido, tu és primo dos Grafstenbergs? Sabes que nós ainda somos primos deles, pelo lado da Tia Sôdôna Lady Betty Grafstein!!!

JP disse...

Flora:
Foram (e estão a ainda a ser) dias de muito trabalho.
Pronto, é isso.

Entretanto pus os chineses a andar.
Ninguém lhes disse que podiam responder a comentários. E ainda por cima substituindo os r's pelos l's...

Beijos.

JP disse...

Mad:
Nesse caso, adivinha-se uma grande troca de prendas pelo Natal!!!

Beijos.

Susana disse...

JP, põe lá alguém a escrever alguma coisinha que isto assim parado é mais que deprimente. Chiça, anda lá com esta chafarnica. Chineses, Japoneses, Libaneses, Americanos, uma raça qualquer mas despacha lá as negociações. Quantos aos autógrafos, deixa-te disso... Oferece pedaços de terra no paraíso. Estou à espera...

JP, ESTÁS A OUVIR?????

Visão Caleidoscópica disse...

Ena!
De volta?!
Grandes confusões, negociações e outras coisas terminadas em "ões", como ....
Então vá lá, toca a mexer nas teclas que aqui a malta está farta de estar à espera.
E se os chinocas não quiserem bulir, convida a Lili Caneças (ou será Canecas?).
Quem sabe ela aceita.
Quanto aos rabiscos do Cristianito, ora, ora, eu arranjo-te isso na boa...
:)
Sabes que quando eu andava a tirar o curso de corte e costura, ele andava a apanhar as agulhas.
Somos íntimos pá...ele é tu cá tu lá.
Então e do Figo?!
Ui...nem te falo. Aquela chinfrósia da mulher dele nem sabe da missa a metade...
Já para não falar do Nuno Gomes...
E do Beckham...
E do....

Bejitos e fica bem.