06 maio 2007

Meia Maratona

Post nº 95

Está feito. Terminei a cobertura da 18ª edição da Meia Maratona Internacional da Cidade de Setúbal, e também a Mini Maratona das Famílias, com o prémio imediato de um Mini Escaldão e de uma Meia Desidratação.

Ganhou um queniano, olha que surpresa.
Mas nas senhoras - e eu escrevi que este era um domingo de mulheres, só espero que logo o Sporting não jogue como meninas - venceu uma mulher do norte, carago. Marisa Barros, entrevistada por mim em primeira mão. Gosto quando sou o primeiro nestas coisas.

Simpática e ainda fresca como uma alface, ela estava obviamente contente com a sua primeira grande vitória.

Bem, vou ali almoçar com o pessoal da rádio que a fome é mais do que muita e depois vou resgatar o que falta do fim-de-semana.

6 comentários:

FL disse...

Primeiras a comentar:) Achas que és só tu gostas?!
A trabalhar ao fim-de-semana.. tss, tss, pobrezito!
Vai lá gozar o resto do Domingo que mereces!
Beijoca

Anónimo disse...

J desculpa la o off-topic. A caminho das 3 da matina e nada de sono. Tu, que levas de avanco uns bons 2-3 anos de experiencia, que recomendas? (Esquece la os carneiros)

NullFame & his friend Insomnia

... 724, 725, 726 ...

Ana disse...

tou ctg no assalto ao banco ;p

João Paulo Cardoso disse...

Flora:
Não é a primeira vez que trabalho ao fim de semana.
Mas foi inédito entrevistar a Presid. da Câmara de Setúbal, um dos gémeos Castro, o representante da charanga da Banda do Rosário e uma atleta vencedora mas semi-desidratada, e tudo ao mesmo tempo como se andasse às compras numa loja chinesa!

Beijos.

João Paulo Cardoso disse...

Ana:
Primeiro a saudação da casa:

Bem-vindo seja quem vier por bem a esta casa de petiscos.

Quanto ao assalto ao banco, estamos ainda na fase de recrutamento de pessoal.
São contratados os que ficarem menos ridículos com uma meia enfiada na cabeça.

Volte sempre.

João Paulo Cardoso disse...

Null Fame:

Caro imigrante, tenho dormido muito bem, obrigado. E sem recurso a substâncias químicas ou lanzudas a saltar.

Achavas que não dormia há dois ou três anos?
Bem... a ser verdade teria tido tempo para ler tudo o que há, escrever em 200 blogues e, claro, tornar-me mundialmente reconhecido como "O Homem Com as Maiores Olheiras do Mundo", ou "Aquele que Vive Com os Morcegos".

Experimenta bater com a cabeça na parede.