11 maio 2007

Aventuras na estrada

Post nº 97

Ontem à noite tive uma experiência tenebrosa.
Fui cobaia num projecto mais arriscado do que mergulhar todo nu num charco amazónico cheio de piranhas. E sobrevivi. Embora com sequelas ao nível do córtex cerebral.

O caso conta-se em 149 letras e dois algarismos:
A minha amiga L. tirou a carta. E comprou um carro. E convidou-me para uma volta. À noite. Com 15 dias de experiência. E, depois de despedir-me dos meus pais, do cão, do canário e da namorada, aceitei.

O carro, um Honda Jazz vermelho, que não destoaria no quartel dos bombeiros lá da terra, já deverá estar, a esta altura, arrependido de ter nascido numa linha de montagem. Um carrinho comprado em 2ª mão, mas ainda reluzente, que só não ganhará cabelos brancos e problemas cardíacos, porque não é humano, não sejamos patetas, aquilo só respira depois de injectado com octanas pagas a peso de... petróleo.

Pois a mais recente e intrépida piloto das nossas estradas, ainda resolveu levar-me arrastado a um lugarejo próximo para ir buscar o nosso amigo D, ou, se preferirem, o jornalista M.B.S.

Foi ao mesmo tempo preocupante e hilariante, vê-la inclinada sobre o volante, atenta a tudo o que se mexia, fazendo o bólide rodar a uns alucinantes 50 km/hora e sem engatar mais do que a terceira.
Montado num caracol tetraplégico teria chegado mais depressa...

Um dia depois, esgotada a caixa de Xanax's, ainda recordo com um arrepio na espinha, a mais alucinante inversão de sentido de marcha da minha vida, efectuada pelo espírito embriagado de Ayrton Senna à entrada dessa bela terra que leva o nome de Lagoa da Palha.

E tu, JP, és assim tão bom condutor?
Não, de todo. Os meus primeiros dias a conduzir foram ainda mais tenebrosos. Durante um ou dois meses, as pessoas não saíram à rua, não fosse o Diabo tecê-las ou o João Paulo colhê-las.
Hoje já se vai avistando duas ou três personagens que têm que ir despejar o lixo ou comprar o pão...

Por isso, relembrando os meus primórdios na estrada e em nome da nossa velha amizade, a L. está perdoada.

Próximo passeio?
Devem estar a brincar!

14 comentários:

Bombeira disse...

Pessoal, o rapaz está a exagerar!

Tirando o facto de ter passado pelo M.B.S. à beira da estrada e não o ter visto, de tanto olhar em frente (depois tivémos de voltar para trás para o irmos buscar)...

Hum... Tirando não me lembrar como se fixam os máximos (mas, também, todas as peguntas do Código sobre utilização dos máximos são, invariavelmente, para responder NÃO ao seu uso, por risco de provocar encandeamento)...

Hum... As coisas não correram mal! Estacionei no sítio certo frente à Tasca do Chico e tudo! E acho que no regresso não passei longe da casa do meu amigo Américo. E escutámos na RADAR a canção que o JP associa ao seu chumbo no exame de condução e tudo!

O certo é que o objectivo foi alcançado. Esta manhã, estava em forma para levar os papás à consulta e não chamei um táxi!! Eles, coitadinhos, mereciam!

Obrigada, João Paulo. Mas, para a próxima, tens de dar uma de instrutor mesmo, em vez de te limitares a mandar meter a quarta e a fazer beicinho porque não te deixava experimentar o JAZZ. É claro que haverá mais uma voltinha, mais uma viagem!

João Paulo Cardoso disse...

Bombeira:

Obrigado por contares a toda a gente que chumbei uma vez no exame de condução...

Quem é que ia adivinhar que um agrupamento de escoteiros nus aparecesse do nada?

Quanto às instruções na noite de terror, perdão, na noite de Jazz, eu estava mais preocupado em disfarçar o cheiro. É que estava borrado de medo.

E desculpa só ter desfeito o beicinho quando me deixaste conduzir, mas convenhamos que tenho um beicinho lindo...

Anónimo disse...

Nao posso ficar impavido ao que se le aqui.

Ja esqueceste o que eu penei a ensinar-te a arrancar com o carro???

nf

E beijinhos a bombeira. Finalmente consegui confirmar quem eh.

chapa disse...

Há dias assim, em que temos que demonstrar coragem nos momentos difíceis. Pelo menos ficas com uma aventura para contar aos teus netos.

Bombeira disse...

Oh nf:
Também eu tenho imenso prazer em saber quem és! Não te esqueças que até partilhamos uma "coisa" importante: a nossa afilhada! E ela está tão linda! Sabias que, por ter os olhos achinesados, os amigos lhe chamam «Xynó»?!
Tudo de bom p'ra ti e beijinhos!

Chapa:
Muito orgulho em merecermos a tua visita!

JP:
Desculpa, já sei que não queres os comentadores a falar entre si. Mas foi só desta vez, não voltará a repetir-se!

Miosotis disse...

Excelente façanha!
Ganhaste o grande prémio da coragem.
A "taça" é um pacotão de fraldas...para o caso de te borrares de novo.
Fica bem!
Bom fim de semana

Anónimo disse...

bombeira deixa os teus contactos (msn ou afins) em joaoc73@hotmail.com (mail e msn).

Preciso de actualizacoes desse lado :)

nf

Obrigado pelo rele JP.

FL disse...

Voltaste a escrever coisas giras! Boa JP. Nem que para isso tenhas que ter viagens alucinantes com o seu quê de espírito suicida:)

Espero que tenhas tido um bom fim de semana.

Beijo

João Paulo Cardoso disse...

Epa, uma pessoa deixa o blog de portas abertas durante o fim de semana e quando regressa, já entrou montes de pessoal.
Bem... primeiro vamos tratar deste.

NF:
Sim, lembro-me da tua meteórica carreira como instrutor de condução, numa deprimente sessão no parque de estacionamento do Pingo Doce de Pinhal Novo.

Lembro-me ainda das tuas frases de incentivo: "Acho que não tens capacidade para guiar. Nunca vais guiar na tua vida."

Ou, já agora, do apoio dado na pior fase da minha vida, no auge de uma depressão que quase me destruía.
Foi uma longa madrugada de desabafos no Parque do Montijo, lembras-te?
Mas, ao contrário do que prometias, depois dessa noite fiquei por minha conta.

E cá estou eu, condutor há seis anos e sem qualquer tipo de depressão.

Fica bem.

João Paulo Cardoso disse...

Chapa:

Muito grato pela sua visita.
Esta casa de petiscos estará sempre de portas abertas tanto para si, como para todos os outros.

Volte sempre.

Bombeira:

Ó minha amiga! Além de juntares-te à prole do "pessoal que comenta comentários", também já me substituis nas mensagens de boas-vindas?
Isto não é o site dos BVPN!!
Mais respeitinho ou não há mais voltas no carrinho!! :)

Então e as últimas voltas? Cada vez mais à vontade com o teu novo brinquedo, não é?
Assim é que é!
Para a frente é que é o caminho!
(a menos que queiras engatar a marcha atrás, claro)

Beijos.

Miosotis:

Por acaso essa ideia do "pacotão de fraldas", não é uma má ideia. Depois explico.

Beijos.

Flora:

A viagem alucinante com espírito de suicida, foi de risco calculado.
Exagerei um pouco para que o post fosse mais engraçado.
Confio (até agora, vamos lá ver...) na perícia (e na sorte)da minha amiga L.

Quanto ao fim de semana, foi bastante agradável como se pode ler no último post.

Beijos.

Anónimo disse...

Remete la essa conversa para foros menos publicos pra trocarmos uma ou duas galhetas.

A menos que nao tenhas tempo. Como costume.

nf

FL disse...

Eu sei que não queres que a malta comente os comentários... mas denoto uma certa mágoa no que dizes ao NF. Vá sejam lindos e façam as pazes!!!

Beijos

João Paulo Cardoso disse...

Mágoa? Alguma.
Fazer as pazes? Não estamos em guerra.

Mas há nada que uma boa conversa entre primos não ultrapasse.

Desde que seja em Inglaterra. Fico à espera que ele pague passagens aéreas e estadia, eh! eh!

FL disse...

Ok, se tu dizes acredito! E também quero ir, que para viajar estou sempre pronta e o tipo diz que cozinha bem:)