14 maio 2007

Jogos sem Fronteiras

Post nº 98

Foi um fim de semana capaz de encher as medidas a uma pessoa extremamente caprichosa.
Hospedeiro de uma respeitável colecção de disfunções emocionais, sou capaz de ir da euforia à melancolia e vice-versa mais aceleradamente do que o Fernando Mendes em queda livre.
Mas desta vez tudo correu pelo melhor.

Não venho aqui contar a minha vida privada mais íntima.
Mas posso referir dois dos muitos bons momentos deste weekend: um filme que surpreendeu pela positiva, e um jogo de ténis diferente.

O filme, chama-se "Eragon" e, embora seja um sucedâneo do hiper-galardoado e mega-aclamado "O Senhor dos Anéis", proporcionou perto de duas horas bem passadas em que a fantasia de cavaleiros e dragões azuis (que apesar de tudo empataram em Paços de Ferreira) arrumaram a um canto o stress acumulado de uma semana de trabalho.
Também é uma trilogia e lá diremos presente às próximas duas partes.

O ténis, não trouxe desta vez vencedores nem vencidos, apenas um doce empate embalado por uma brisa que às vezes empertigava-se em vento, mas logo adormecia vencida pelo cansaço.

Eu de um lado e ela do outro. E uma surpreendente capacidade de aprender depressa e bem. Num instante já estava a trocar bolas comigo e, notava-se, decomprimia, descontraía-se e gostou. Teve um bom professor, foi o que foi...

Eu também adorei a experiência, apesar de não perceber o propósito de uma rede que me separa de quem amo.
Mas é bom deixar-me enredar (ainda mais) assim.

16 comentários:

Anónimo disse...

Essa rede ficou no campo?

nf

FL disse...

Ah grande JP... a ver filmes e a jogar ténis!!!
Gosto de te ler assim, rapaz!
O amor é lindooooo!
Beijo

Anónimo disse...

E porque diabo existem dois posts 98, precisamente iguais? Pra chegar ao 100 mais depressa?

nf

PS - Eu quero a minha torradeira !

João Paulo Cardoso disse...

N.F:

Mas porque carga de água queres tu saber da rede?
Vais à pesca ou é um novo fétiche?

Flora:

Foi um fim de semana agradável, mas hoje já é dia de trabalho :(

Beijos.

Anónimo disse...

Ou nao percebeste ou nao te apetece perceber. Explico em privado.

nf

Novo fetiche???? Quais sao os velhos?

N.M disse...

Aconselho-te vivamente a ler o Eragon,porque se gostas-te do filme acho que vais adorar ler o livro(esta muito melhor que o filme...)

João Paulo Cardoso disse...

n.m:

Tirando "O Senhor dos Anéis", nem sequer sou dado a filmes de fantasia, mas se encontar o "Eragon" em livro, vou espreitar.

Obrigado pela dica.

Volta sempre.

Miosotis disse...

"Hospedeiro de uma respeitável colecção de disfunções emocionais, sou capaz de ir da euforia à melancolia e vice-versa mais aceleradamente do que......"
Gostei!!!
Excelente definição!!!
Ou não fosses tu um nativo de Gémeos....eh..eh..eh...eu também!
Como te entendo!
E gostei de te "ver" assim, arrojado, desfazado de falsos pudorismos a falar da tua "privat life".
Muito bem!
Que esses weekends se repitam....
Fazem bem ao Ego.
E o Eragon é de facto muito bom.
O meu foi antagónico.
Apoios a Fátima com um concerto metido pelo meio...eh..eh...eh
Só mesmo eu para saír de um turno de 12 horas para ir disparada para Coimbra ...
E o George Michael surpreendeu-me pela positiva, não pela música que conheço de gingeira, mas pelo espectáculo em si...queria ver como ele era em palco.
E foi muito bom!
Pena eu estar tão cansada, com um dia em cheio de bolhas, entorses, desidratações, desmaios, ferimentos e afins...
Mas ainda deu para abanar o capacete...então não?!
Por vezes vamos buscar forças sei lá onde, para fazermos o que nos dá na real gana.
Fica bem!
Boa semaninha.

Miosotis disse...

Estás desculpado!!!!!
Estamos em sintonia...

Miosotis disse...

Eu.....Fátima e George Michael......CLARO!!!!!
Beijo.

João Paulo Cardoso disse...

Miosotis:

Ainda bem que estou desculpado.
Notava algum mal-estar aí desse lado.

A minha private life vai ser cada vez mais private, mas não haverá mal dizer que vi um filme e joguei ténis com quem mais adoro.

Só lamento desiludi-la com isso de ser nativo de Gémeos. Sou-o nos horóscopos à brasileira. E sou-o também em relação a alguma dualidade como a que ficou expresssa no início do último post que tanto gostou.

Mas - e penso que já o tinha esclarecido uma vez -, eu sou do signo Touro.
Por menos de meia hora, mas sou.

Beijos.

Miosotis disse...

Ahhh...lembrei-me de uma coisa que te ando para dizer há dias mas sempre me vou esquecendo....
É que não colocaste aqui ao lado, na lateral o teu prémio que te ofereci de Thinking Blogger.
Vê lá se colocas, senão o teu prémio vai-se perder no tempo e no enrolar dos teus postes.
Beijos

FL disse...

JP:
Está tudo muito bem, mas essa coisa de ires amuar comigo, em blogs alheios, tem que acabar:)
És um TIPO porreiro, caprichoso e muito educadinho e é por isso que te gramo... 'Tás a topar?
Beijo

Anónimo disse...

http://dizqueeumaespeciedeblog-fl.blogspot.com/2007/05/meias.html

João Paulo Cardoso disse...

Flora:

Procuro dar-me bem com gregos e troianos, mas a unanimidade é tarefa impossível e, caso não o fosse, seria algo susceptível de matar-me de tédio.

Quanto ao resto...
aceito que, modéstia à parte, seja "um TIPO porreiro, caprichoso e muito educadinho", mas ainda sou mais interessante quando parto a louça toda, eh! eh!

Desculpa. Imaginei-me a emborcar uma bejeca, a coçar a barriga peluda e a cutucar a cera com a unhaca gigante do dedo mindinho e a testosterona subiu-me ao cérebro...

Mil perdões e um beijo respeitoso.

FL disse...

JP:
Desculpas mais que aceites. E olha que o anónimo que pôs aí a novidade, não fui eu!

Beijo igualmente respeitoso