09 janeiro 2009

25.000 no Eldorado quentinho


São já 25 mil os amiguinhos que aqui vieram xeretar, como se diz do outro lado do Atlântico.
Sim, no Canadá dizem "xeretar".
Sobretudo as focas.

Quando falo em 25 mil parolos que aqui vieram, refiro-me desde o início dos tempos, quando eu e Eva fundámos este blogue a 06 de Dezembro de 2006.
O contador panisga na coluna da esquerda só apareceu no Verão passado.
Estou farto de explicar isto.

E mesmo ao fim de 25 mil cliques continua um frio do cara... go.
Convenhamos que as flexões que o seu dedo indicador faz sobre o botão esquerdo do rato não são grande exercício físico, capaz de aquecer o corpinho que Deus nos deu.
Onde se lê "Deus" deverá ler-se "papai e mamãe num momento celestial".

E como já faz umas décadas que você nasceu após uma bela sessão de truca-truca em cima da mesa da sala de jantar, já deveria saber que há coisas melhores para aquecer do que flexões do indicador no botãozinho do rato.

Uma hipótese é piquenicar no BPN.
As dívidas escamoteadas que amiúde são descobertas estão a deixar o pessoal a arder e, parecendo que não, dois ou três administradores bancários bem regados de gasolina ajudam a aquecer.

Emborcar 327 garrafas de aguardente também parece boa ideia... quer dizer, se calhar não.
Se o alcool fosse solução para todos os males, bastava pagar imperiais a toda a gente na Faixa de Gaza.
E o Ieltsin por esta altura ainda estaria vivo, mais que não fosse a cantarolar na Praça Vermelha com o rabo de fora, tal qual um trolha ucraniano em Portugal.

Mas é por falar em rabos que chego à conclusão que uma das melhores ideias para não sofrer com este frio glaciar, é fazer de Tocha Humana na Tertúlia Cor de Rosa da SIC.
Há muito que o Cláudio Ramos precisa de levar com um ferro em brasa pelo cu acima.

3 comentários:

ana v. disse...

Parabéns ao Eldorado!

Quanto ao tratamento a aplicar ao Cláudio Ramos, desconfio de que ele não se importaria muito... de qualquer maneira não me ofereço como tocha humana. Livra!!

Beijos

João Paulo Cardoso disse...

Para Ana V.

Eu também não me ofereço como voluntário.
Agora... se me oferecerem dois milhões de euros é coisa para pensar... durante dois segundos.
A resposta continuará a ser "não, obrigado".

Era só uma figura de estilo.
Acho que a frase
"Há muito que o Cláudio Ramos precisa de levar com um ferro em brasa pelo cu acima", deveria rematar todos as postagens.

Beijos:)

Maria do Desassossego disse...

Lol,

Essa frase de remate é fantástica, amigo!

Beijos e parabéns.