14 março 2007

Um jantar diferente

Post nº 63

O dono do restaurante desdobrava-se em iniciativas de charme, no que era secundado pela sua mulher e por um fiel empregado com sotaque açucarado, memória única do que foi um concorrido restaurante brasileiro numa cidade a sul do Tejo.

Apesar dos esforços concertados, a Picanha e respectivos acompanhamentos situaram-se num plano apenas razoável. A sobremesa escolhida, uma Mousse de Chocolate, ostentava uma consistência não diferente do habitual, mas a cor era de uma tonalidade estranhamente mais clara.
Já no final da degustação da tentativa de iguaria, entrou-se no reino do bizarro, com o one man show do dono do restaurante...

- Essa mousse é boa é com "cheirinho"! Querem com "cheirinho"?

"Com cheirinho", significa afogar uma mousse -ela própria quase náufraga- com uma dose generosa de aguardente, no caso Macieira. Eu que já tinha provado e abominado , agradeci a deferência dizendo-lhe que não estava interessado. Qual quê. O homem insistiu e inundou o que restava das duas mousses...

Não contente com a sua performance a fazer lembrar o empregado espanhol (o "Manoel") do "Fawlty Towers", perguntou-nos ainda se queríamos um digestivo que, ao ser recusado, foi acompanhado pelo elegante comentário "estou a ver que com vocês não faço negócio..."
Depois ainda ofereceu uma garrafa de água por conta da casa, e mais dois bombons, para dar algum doce ao final atribulado de uma refeição digna da "Quinta Dimensão".

Mas faltava o grande final:
Ao pretendermos pagar com Multibanco, primeiro disse-nos que a máquina às vezes avariava, por isso sugeria pagamento em dinheiro ou cheque, mas como insistíamos, lá confidenciou que todo o dinheiro que caía no Multibanco servia para pagar as dívidas às finanças, herdadas da gerência anterior, alegava ele.
Lá pagámos em dinheiro, com o senhor a agradecer praticamente de joelhos quase a clamar a todos os deuses que, com esforço, ia conseguir dar a volta àquela situação, com a ajuda de todos e blá, blá, blá.
Aconteceu em Setúbal. Aonde mais haveria de ser?


PRÓXIMOS PETISCOS NESTA TASCA:
  • "Quinta das Anedotas 8", a publicar na Sexta, dia 16.
  • "O Famoso Coelho da Páscoa", a 05 de Abril. Faltam 22 dias.

2 comentários:

Miosotis disse...

Obrigada pela tua visita.
Aparece sempre que te der na real "gana".
Quanto ao jantar.....só me ocorre uma palavra...."bizarro"!
Fica bem.

João Paulo Cardoso disse...

miosotis:
Faltou referir os aspectos positivos! O jantar foi baratinho e serviu para pôr a conversa em dia com um grande amigo!
E serviu também para assassinar uma fome que dilacerava o estômago!

Volte sempre.