22 março 2007

Postais Caramelos 2 : A Biblioteca

Post nº 69 (afinal é o 68...)

Se da minha varanda vejo o mundo, como escrevi no último "Postal Caramelo", basta passar a estrada para chegar à Biblioteca. Não é como ter uma casa na praia, mas é melhor do que ter uma barraca na Damaia.

Pois desta vez, este repórter que não é estrábico mas é míope como o Mr. Magoo, foi até à Biblioteca. Como este post é o nº 69, ou pelo menos eu julgava que era, preferia estar aqui a falar de uma ida a uma sex-shop, mas não conheço nenhuma no Pinhal Novo. É uma lacuna grave.

A mais importante - e única - Biblioteca caramela tem, lá dentro... livros. Uau!! Não estavam à espera desta! Mas para além de livros, há também cd's e dvd's na secção de audiovídeo, embora os filmes disponívies não primem pela novidade. Mas o gratuitos. Ah, bom. Assim é mais bonito. "Grátis" é uma palavra capaz de suscitar orgasmos auditivos em qualquer português com duas orelhinhas.

No audiovídeo há, contei eu, nove cadeiras azuis e nove cadeiras cor de rosa. Estranho... terá este material vindo de uma casa de swing? Imagino facilmente elas de máscara e lingerie, e eles nus com as mãos nos bolsos, uma música para embalar o desejo e... tudo ao molho logo a seguir!!
Peço desculpa... é que julgava que este post era o nº 69, como já tinha escrito ali acima.

No salão principal, digamos assim, há quatro mesas cada uma com quatro cadeiras, o que fazendo as contas um pouco melhor do que as belas e estúpidas do programa da TVI, dá 16 cadeiras. Azuis. Onde estarão as outras 16 cadeiras cor de rosa que vinham com estas?
Há também por ali perto uns sofás multicolores bem confortáveis e foi neles que sentei o cu para apreciar o panorama.

Lançando o olhar para o expositor de revistas e recorrendo de novo à parte do meu cérebro responsável pelas contas do tempo da escola primária, chego à conclusão de que são cinco filas com 12 revistas, o que dá 60 títulos.
O mais curioso foi o da revista "Diabetes". "Diabetes"? Qual será o conteúdo deste importante magazine? A lista dos melhores hospitais do país? Como injectar em si próprio insulina a granel? Eleição da Miss Diabetes 2007?
Há também, espantem-se, uma "Maxmen" para os mais pervertidos, mas não uma "Playboy" brasileira ou uma "Penthouse", ou uma "Velvet". É uma outra lacuna.

Continuando a misturar números e letras, tenho a dizer que, neste dia, meia dúzia de reformados açambarcou meia dúzia de jornais e preparavam-se para uma longa tarde de juntar letras para formar palavras, e juntar palavras para formar frases, e juntar frases para formar notícias que acabam por não perceber... então porque raio não me deixaram ler um jornal!! Pôrra!

Nos antípodas desta realidade, as salinhas infanto-juvenis encerram outros mistérios. Nunca lá entrei, não só porque não tenho filhos, como não tenho idade para entrar sozinho. Quando era puto, não podia entrar nos espaços reservados aos adultos. Agora não posso entrar nos espaços destinados às crianças. Vou contar à minha mãe.
Existe por ali, uma sala que ostenta, discreta, a seguinte placa identificativa: "Hora do Conto". Consta que na Casa Pia há uma sala parecida, só que esta diz "Hora do Coito".
Adiante.

Para terminar esta viagem à Biblioteca Municipal do Pinhal Novo, faz-se um pequeno passeio por entre as estantes com livros de autores portugueses, estrangeiros, livros técnicos de diversas temáticas, banda desenhada e quatro ou cinco computadores ligados à internet, onde os fedelhos fingem não estar a ver porno.
As cadeiras são azuis, mas esta piada está gasta.

O espaço é dotado (não tanto como eu) de wc, cafetaria, serviços técnicos onde se pode aceder ao arquivo e pedir fotocópias, por exemplo, e last but not least, um Auditório Municipal que, de tão pequeno e jeitoso, dá vontade de levar para casa. Isto se a minha casa fosse o Palácio de Belém.
O filme em cartaz dá pelo nome de "Flyboys-Livres para Voar", ou qualquer coisa do género.
Já estive nas Bibliotecas da Moita, Montijo, Setúbal, Palmela, Sesimbra ou em outras mais grandinhas como a Biblioteca Nacional, de que tenho saudades. Mas a do Pinhal Novo fica do outro lado da estrada.
E é a mais catita de todas.
Só gostava de saber onde estão as outras cadeiras cor de rosa...

PRÓXIMAS PARVOÍCES NO BLOG MAIS ESTÚPIDO DO MUNDO:

Segunda, 26 Março - O verdadeiro Post nº 69
Quarta, 04 Abril - A descoberta do Coelho da Páscoa. Faltam 10 dias.

Bom fim-de-semana para todos. Divirtam-se à maluca.

3 comentários:

Miosotis disse...

Mordaz....sempre!
Mas fazes bem!
Hajam línguas viperinas para cuspir estes pequenos venenos.
Eh..eh..
Obrigada pela visita.
E...cuidado com o que transmites acerca da tua pessoa!
Olha que eu sou muito má!
E posso fazer-te muito mal.....
Xiiii...em Maio vou procurar por ti, para te cantar os parabéns.
Vês vou fazer-te mal! Sim, porque com a minha voz de "rouxinol da Cova da Piedade", não sei se os teus sensíveis tímpanos resistirão?!
Mas em contrapartida, tu vingaste de mim em Junho....eh..eh!
Fica bem e bom fim de semana.

Miosotis disse...

Ahhhh...e esqueci-me de te dizer um pequeno pormenor.
Este teu post não é o nº.69 mas sim o nº.68....saltas-te um.
Eh...eh...
Xau

João Paulo Cardoso disse...

miosotis:
Folgo em saber que não se deixou confundir com a contagem das cadeiras e ainda teve discernimento para reparar no engano na contagem dos posts...

Já em relação aos aniversários começa a ser conveniente algum desacerto na matemática...
Eu, por exemplo, faço 22 anos.

Bom fim de semana!