02 fevereiro 2009

Kafeína Kafkiana


N
o café, com a namorada.

- Eram dois cafés, se faz favor.
- Dois? - pergunta a extenuada empregada.
- Sim.
- São normais?
- Somos.

4 comentários:

Patrícia disse...

lol

JoãoPaulo Cardoso disse...

Patrícia:

A senhora ao balcão não tem culpa!

Entre abatanados, descafeínados, pingados, cheios, meias de leite, garotos, cariocas, galões e o raio que os parta, a confusão é mais do que muita!!

Para que é que nós precisamos da Starbucks quando temos este jeito tão especial de sermos portugueses?

A merecer uma postagem com cheirinho a café, um dia destes...

Beijos.

ana v. disse...

LOL

Aí tens um bom tema, JP: o café à portuguesa. (if you know what I mean)

Beijo

João Paulo Cardoso disse...

ana v.

Vou ali beber um café para me inspirar.

Beijos.