30 abril 2008

O Fim

O Eldorado - Edição nº 229

A 06 de Dezembro de 2006, no final de um ano regenerador, até agora um dos melhores do século e instigado pela vontade de voltar a publicar escritos meus na internet, depois de uma gratificante (não gratificada) experiência no site dos Bombeiros Voluntários do Pinhal Novo, resolvi aventurar-me na blogosfera pela primeira vez.

Às vezes, muitas vezes, a maior parte das vezes, deixo-me levar por sonhos e ilusões e a esmagadora maioria das milhentas ideias que borbulham neste cérebro, modéstia à parte fascinante, correm mais depressa do que as pernas e os braços se agitam para as alcançar.
Assim, quis desde logo que o meu blogue primasse pela diferença, que desse que falar, que fosse comentado.
Assumido cultivador do low profile, não sei de onde vêm estes devaneios de notoriedade, mas que eles me acometem amíude, lá isso acometem.

E foi assim que o blogue do João Paulo Cardoso adoptou o presunçoso nome de "O Eldorado", mas esteve para se chamar "Trópico de Unicórnio", "Faunos, Sereias e Duendes Mentais" ou qualquer coisa que tivesse "Atlântida" no nome.

Ao todo, foram quase 230 posts publicados, clicados quase 16 mil vezes, porque o contador só foi instalado a meio de Fevereiro e antes disso não faço ideia quantas alminhas perderam minutos da sua vida a ler estas porcarias.
Foram anedotas, piadas engraçadas outras forçadas, textos de humor e outros de dor e melancolia, polémicas com lésbicas, rubricas diversas, tudo feito com muito amor.

Em Janeiro deste ano decidi avançar por outros caminhos, decretei um prazo de vida curto para o que faltava do "Eldorado" e a decisão foi irreversivelmente tomada. O blogue terminaria a 30 de Abril, o que, se forem espreitar no calendário, já passou.

E tem mesmo que ser assim porque os últimos meses foram penosos, dolorosos, mesmo.
Não é fácil criar textos de humor originais num país fértil em patetas que se oferecem ao escárnio e maldizer.
Atrás do peixe podre que nos entra pelas televisões, rádio e jornais todos os dias vieram mil e uma gaivotas espirituosas, cada qual com um estilo próprio de voar alto para chamar a atenção ou de voar baixinho e fazer cócegas em cocurutos só habituados à orfã genialidade do Herman.

No entanto, bem ou mal, "O Eldorado" conquistou o seu dimunuto espaço alcançando a estrondosa média de 35 visitantes diários o que é ao mesmo tempo patético e surpreendente.
Tantos ou tão poucos, mas alguns deles fiéis e só os mais próximos sabem como eu prezo a fidelidade.

Nesta hora de fechar as portas quero agradecer ao João Moço, que me apresentou o Blogger, e a todos os outros. Que me perdoem se deixar algum para trás:
Null Fame, Grettir, a Gal do Brasil, Susana, Nelson, Catarina, Helena, a bombeira da internet hoje sra. presidente, Jorge Esteves, Paulo Cristo, Amorim, N.M., Patrícia, Hucleberry Friend, Sofia, MariaV., Madalena Vidal, Ana Vidal e um especial agradecimento à Flora e à Maria. Foram as primeiras a franquear as portas desta tasca com assiduidade e, a dado momento esgrimiram por uma posição de destaque nos comentários ao que escrevia, o que se tornou bastante engraçado, com muito mais graça do que a desgraça que escrevia.
Espero que as duas alcancem tudo de bom na vida.

Bem... parece que vamos mesmo fechar a porta.
Estes 17 meses foram um infindável prazer porque adoro escrever.
Torna-se desta forma complicado dizer adeus.
Mas deixo duas pistas para aqueles que não quiserem perder o meu rasto:

1- Publiquei 229 posts. Percam um bocadinho do vosso tempo lendo ou relendo os antigos testamentos eldoradenhos. Alguns valem mesmo a pena, modéstia à parte.
Eu sei porque já os reli e até acho que o rapaz tem algum talento.

2- APAREÇAM AQUI, NO "ELDORADO", NO DIA 10 DE MAIO.
É CAPAZ DE HAVER NOVIDADES.


FIM

8 comentários:

Anónimo disse...

Tambem acho que o rapaz tem algum talento.

nf

Patrícia disse...

Estive em pranto até agora e, à hora a que escrevo, ainda verto uma ou outra lágrimazita...

bom, foi o fim. dia 10 cá estaremos.
beijinhos, João Paulo Cardoso.

av disse...

Olha... afinal é mesmo verdade!
Não quero saber: vamos à sandes de coirato prometida e depois é só esperar pelo dia 10 de Maio, porque a cadeira na primeira fila já ninguém ma tira!!

Tchin tchin (eu trouxe o champanhe lá da minha festa), e... à tua, JP!
E também a muitos posts novos, no mínimo tão bons como os que me fizeram dar gargalhadas sonoras, neste Eldorado.

Cá te esperamos. Livra-te de não voltares a aparecer!
Beijinhos

FL disse...

Então, até dia 10:-)
(bom... dia 11, que dia 10 a princesa lá de casa faz anos!)

Beijoca grande!

Anónimo disse...

Quando o vento sopra a nosso favor é tão mais fácil andar, como sei que no teu caso o vento não tem soprado na medida útil à tua vida espero que ele mude de direcção e sirva para te empurrar, delicadamente, até à realização dos mais secretos sonhos.

abc, João Moço

Sofia disse...

A mim não me enganas... terminas esta porta, mas vê lá se abres uma janela, daquelas com varandinha e cadeirinhas para podermos apanhar sol a ver o mar, enquanto te ouvimos discursar... pode ser?

beijos e mais beijos saudosos de lágrima no canto do olho

p.s. Eu fui das que comecei a comentar quando disseste que ias acabar... conseguiste! Leitora assídua!

N.M disse...

Já há algum tempo que não vinha aqui e hoje que vim, qual não é o meu espanto ao ver que oeldorado chegou ao fim!!!!
Espero que voltes, que reconsideres e que voltes a este ou a outro espaço...acredita que iria ser bom voltar a ler as tuas ideias,devaneios e tudo mais!!!
Caso decidas não voltar mesmo vai-te com a certeza que ctg, ri muito e gostei de muitas coisas que aqui meteste!!!
Forte abraço

paula disse...

...para onde pensas tu k vais? ou ja tens contrato com as Produções?AH!BJOKAS