19 novembro 2008

O Exorcista

As portas rangem, ouvem-se gritos de crianças atormentadas por espíritos malignos, um morcego mais desorientado dá uma cabeçada num velho candelabro cheio de teias de aranha.
Bem-vindos sejam à sede do PSD e tenham medo!
Muito medo!

Neste momento (são dez e meia de uma manhã fria de Novembro) tenho a certeza que a líder da oposição está possuída pelo espírito de Salazar.

Além de achar que ela, sem cabeleira, é ele com saias, as últimas declarações não parecem deixar muitas dúvidas.

Aquela a quem passarei a chamar Manuela Ferreira Oliveira Salazareite disse, há uns dias, que "a informação divulgada pelos jornalistas precisava ser seleccionada".

Juro, com estes que a terra há-de comer, que nessa altura vi nas engelhadas mãos de Salazareite um monstruoso lápis azul de aspecto fálico, pronto a fornicar as libertinagens informativas dos jornalistas portugueses que têm o desplante de ejacular notícias sem que as mesmas passem pelo mega-censor a construir entre esquilos e prostitutas, em Monsanto, um dia destes.Mas o espírito de Salazar, que neste momento revolve as entranhas da simpática avozinha que foi ministra de Durão Barroso, não estava ainda satisfeito e fez a líder do PSD evacuar mais uma pérola capaz de tornar o Beto da Madeira num beto de Cascais.

E o que disse Salazareite?
Isto:

"Eu não acredito em reformas, quando se está em democracia [pausa].
Quando não se está em democracia é outra conversa, eu digo como é que é e faz-se [pausa].
E até não sei se a certa altura não é bom haver seis meses sem democracia, mete-se tudo na ordem e depois então venha a democracia".

E posto isto grunhiu um "fuck you" que se ouviu na Nova Zelândia e vomitou uma mistela verde para cima dos microfones enquanto a cabeça girava sem parar.

Foto-montagem retirada do blog wehavekaosinthegarden.blogspot.com

2 comentários:

paulo cristo disse...

bom texto sim senhor

João Paulo Cardoso disse...

paulo cristo:

Não tão belo como os seus desenhos e caricaturas, senhor.

Ainda assim, acho mais bem conseguido o texto sobre os Inhame Boys.

Um abraço.