26 dezembro 2007

Um Gordo Natal

O Eldorado - Edição nº 194

Foi algo extremamente opíparo.
Orgásmico.
Como um lampejo do antigo império romano, nos seus dias decadentes, rebolando faustosa e alegremente para o abismo.

À mesa, - nas mesas, melhor dizendo - Borrego, Peru, Porco e Vaca.
Mas para equilibrar a carnificina, Soufflé de Queijo e Espinafres, Tofu e, claro, o Bacalhau em pelo menos quatro modalidades olímpicas: Tronxa de Bacalhau, Pastéis de Bacalhau, Bacalhau com Todos, Bacalhau com Natas.
E ainda sopa, arroz, batatas fritas, a murro, cozidas e ao calhas também.

E claro, o desfile pantagruélico de doces tradicionais e outros adaptados ao gosto dos glutões natalindos: Bolo Rei, Arroz Doce, Filhós, Azevias, Sonhos, Rabanadas, Bolo de Chocolate, Semifrios e muitos outros que ficam por nomear ou que que ficaram por fazer, não por preguiça mas por bom senso.
O destaque guloso do ano vai para o Bolo Rei Escangalhado que o meu estômago apressou-se a arranjar e a acondicionar o melhor que pôde.

E houve ainda as passas, as nozes, as amêndoas, as avelãs, as broas, os vinhos, os licores, os cafés e capuccinos...

E hoje, 26 de Dezembro, assemelho-me perigosamente a um leitão bem redondinho.
Apontar na agenda: Não passar nos próximos dias pela Mealhada.

3 comentários:

Paulo Cristo disse...

Ora como vês, nem tudo é mau no mundo e agora consegues entender melhor as pessoas obesas.
Fico feliz por verificar que tiveste um farto natal e desejo-te também que tenhas um farto ano que se aproxima e que continues a escrever aqui bons textos, que, quer queiram quer não, continuam a alimentar o mundo fantastico de meia duzia de visitantes incautos.
Espero é que um dia destes possas coligir e publicar uma boa serie destes trechos, por isso, colecciona-os.
Boas festas para ti, para a tua famelga e... orienta-te.
Um abraço.

N.M disse...

Eu tb me fartei de comer...devo ter engordados uns 2,3kg!!!Mas foi bom, gostei mto!!

Sofia disse...

LOL
O meu Natal também foi mais ou menos assim e começou a 16, por isso os quilos foram-se somando desde então. Valeu um ameaço de gastroentrite que ajudou a perder uns gramas, mas os natais aqui e acolá repuseram e acrescentaram alguns quilos mais... devo estar a roçar a obesidade, mas enfim... lá para depois do ano novo começo a fazer dieta e regresso às sopas e aos purés de fruta!

beijinhos e bom ano