11 agosto 2008

Driving Mr. Bin Laden

Salim Hamdan, antigo motorista de Bin Laden, foi condenado pelo Tribunal Excepcional de Guerra de Guantanamo a cinco anos e meio de prisão.
Parece que ficaram provadas as acusações de apoio às actividades terroristas.
Verdade? Mentira?

Recuemos até 11 de Agosto de 1999...

Bin Laden, tinha acordado bem disposto na manhã desta quarta-feira.
Tinha chegado à limusina cor de alperce na companhia de dois gémeos façanhudos e, conhecendo-se as tendências abichanadas do nº1 da Al-Qaeda, dir-se-ia que tinha tido uma noite de arromba.
Olha que expressão tão curiosa que assenta que nem uma luva a gente que gosta de passar a noite a brincar aos comboios: "Uma noite de arromba".
Realmente, às vezes sou engraçado, eh, eh...
Adiante.

O líder da maior organização terrorista mundial, cumprimentou o motorista Salim e logo tratou de ditar as primeiras ordens...

- Ó... coiso, ann... Salim... vamos passar primeiro pela papelaria que eu quero meter o totoloto. Estou cá com uma fezada que Alá vai bafejar-me com o sopro divino, desta vez.

E rodaram e rodaram na limusine cor de alperce até ficarem tontos.

Meia hora depois, Bin Laden fez descer o vidro separador à prova de bala e de perdigotos, porque como sabeis a língua árabe é muito visceral, e ditou novas ordens ao pobre Salim e, se escrevo pobre, é porque o coitado ganhava apenas dois salários mínimos enquanto um cunhado da prima de uma das 17 mulheres de Bin Laden auferia uma batelada de dinheiro só para contar tâmaras.
Injustiças...

- Olha, coiso...

- Salim.

- Salim, vamos ali ao "Bingo Doce" que tenho que comprar amaciador para a barba.
Tenho as pontas todas espigadas, mulher...

E rodaram e rodaram na limusine cor de alperce até ficarem tontos.

Mais tarde, Bin pediu para parar junto à embaixada dos Estados Unidos, o que deixou Salim Hamdan desconcertado...

- Para quê, senhor?

- É uma troca de pacotes. Ontem estes meninos trataram-me do pacote, em troca dei-lhes dois pacotes para entregar aos americanos, como prova de amizade.
São dois gémeos armadilhados.

E chegou uma altura em que Bin Laden se viu sozinho na parte de trás da limusine, indicou um desvio para um oásis perto, mandou que o carro parasse, fez descer o vidro separador e tentou seduzir o motorista.

- Salim... apetecia-me algo.

- Em Agosto não se comercializa Ferrero Rocher, senhor.

- Não, Salim - piscou o olho - Apetecia-me algo... bom.

- Tomei a liberdade de pensar nisso, senhor. Providenciei umas moelas e uns pipis para picar.
E tem também uma Guiness fresquinha no congelador.

- Bolas, Salim! Eu queria era que viesse aqui para trás um bocadinho!
O Bin sente-se tão sozinho, tão carente...

- Disse-lhe no primeiro dia que em toda a minha carreira de motorista nunca foi preciso pegar de empurrão e quero que continue a ser assim.

- Mas...

- Se está aborrecido, faça explodir umas torres na América, um comboio em Espanha, sei lá, qualquer coisa...

- Oh, Salim, meu doce Salim... Tão macho que o menino é...

E rodaram e rodaram na limusine cor de alperce até ficarem tontos.

9 comentários:

ana v. disse...

Tadinho do Bin, tão carente... não se faz! Bem feita para o Salim, que foi condenado a cinco anos de prisão. Agora é que ele vai ver a sua bela carreira de motorista ir por água abaixo, porque se vai fartar de pegar de empurrão...

beijos!

paulo ribeiro disse...

podias ter introduzido ali a Duff beer,

o homer simpson bebe-a a quase 20 anos e adora, talvez seja esse o ingrediente que falta na vida do pobre bin, ir a springfield,

ja la fui este ano, mas nao gosto desta colecção, prefiro a da zara ;)

Mariazita disse...

A minha colaboração no SEMPRE JOVENS é às Terças-Feiras.
No meu blog, A CASA DA MARIQUINHAS, faço postagens Aos Domingos e Quintas Feiras.
Como no próximo dia 15 vou ausentar-me, para férias, gostaria de contar com a tua presença e comentário nestes dois últimos posts, o que antecipadamente agradeço.
Felicidades. Até Setembro.
Beijinhos
Mariazita
PS – Guarda esta informação, que é preciosa -:)))

Mariazita disse...

João Paulo,
Quando eu acabar de rir talvez consiga escrever qualquer coisa!!!
Adorei!
Não consigo dizer mais nada. As teclas rodaram tanto com o meu riso, que ficaram tontas!
E não são cor de pêssego! Imagina se fossem!!!
Beijinhos
Mariazita

João Paulo Cardoso disse...

ana v.:

Pois é... não tinha pensado na nova carreira do Salim Hamdan atrás das grades.
Pode ser que ele não estranhe... afinal de contas vai continuar a levar alguém atrás.

Beijos.

João Paulo Cardoso disse...

Paulo Ribeiro:

Achei melhor não "introduzir" mais nada... a história já estava muito escabrosa.

Mas ainda bem que há alguém que faz publicidade à Duff Beer, à Springfield e à Zara.

Como é que vão as coisas em Beja?
Devagar?

Já troquei os dois pneus da frente do pópó.
São Firestone.
É a marca, não é nenhum Santo Popular da Grã Bretanha.

Um abraço.

P.S: Neste momento tenho aqui ao meu lado, o Dadinho a falar há 26 minutos ininterruptamente...
A que horas passa o autocarro para Beja?
Melhor... para a Transilvânia?

João Paulo Cardoso disse...

Mariazita:

Adorava ter um teclado cor de alperce...

Já o amaciador para a barba dispenso às minhas tias do norte.

Beijos.

A. João Soares disse...

E assim se definem as grandes linhas estratégicas do Bin Laden, sugeridas pelo motorista.
Quem será que sugere ao Sócrates as estratégias do Magalhães e do carro eléctrico!!!
Cumprimentos
A. João Soares (serve de link)

João Paulo Cardoso disse...

a. joão soares:

Bem-vindo seja, meu caro, pela primeira vez a esta irmandade.

Por acaso não é da família dos simpáticos bochechas socialistas, não?

Quanto a Sócrates, outro socialista - diz ele - terá segredos que nem o "Eldorado" ainda descobriu, mas um dia... ah, um dia... UAHAHAHAHAH!!!!

Um abraço.