23 janeiro 2008

Intervalo - Cristiano Ronaldo

Para ele, está a ser uma época extraordinária.
Sobre a relva ou debaixo dos lençóis, no rectângulo de jogo ou no triângulo de fogo, Cristiano Ronaldo farta-se de facturar.
Colecciona golos e prostitutas como eu coleccionava nódoas no babete quando ainda não tinha dentinhos. A facturação de Ronaldo frente a balizas grandes e pequenas, só é ultrapassada pela sua conta bancária.
O que se seguirá agora? Apostas na bolsa?
Aqui ele precisa tomar cuidado.
Dada a crise global nas principais praças mundiais, o mais que se aconselha a Cristiano Ronaldo em matéria de bolsa é que troque de pochete.

10 comentários:

Mad disse...

Daí a comprar uma mariconera vai uma distância do caraças... LOL!

av disse...

A bolsa ou a vida, JP. E por enquanto, o rapazinho tem mais idade para a vida. Para a má vida, mais exactamente.
bjs

Hydwen disse...

Caro JP,
Não é uma questão de nos escondermos, é um nome que adoptamos e acaba por ser uma segunda pele... além disso pelo meu tom de letra dá para ver que sou Caramela e das bravas.
Bem, já vim desanuviar um pouco e agora volto para dentro.
Até mais.

Sofia disse...

Que miúdo tão foleiro! Se bem que não me importava de ter uns trocos como os dele! Pois que facture por muitos anos mais, antes que que passe da idade e fracture qualquer coisinha e a bolsa se rompa...

beijinhos

Sofia disse...

Quanto ao 'nosso' segredo descansa que eu não revelo nada... mas tu também não és muito discreto!

mais um beijo

JP disse...

Mad:
Maria Conera !?
É uma actriz de filmes de Fonda?

(hoje estou particularmente mal-educado. Tau-tau no rabinho do JP)

Beijos.

JP disse...

AV:
E até aqui tem sido uma má vida mesmo boa...

Beijos.

JP disse...

hydwen:
Cara caramela das bravas, só uma questão...
O que é um "tom de letra"?

Beijos.

JP disse...

sofia:
Pois... já percebi que é fácil descobrir o segredo... mas pode ser que haja alguém mais burro do que eu.

Beijos.

Visão Caleidoscópica disse...

Eh pá tem dó!!!
Fica bem.